Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/12/17 às 17h52 - Atualizado em 8/12/17 às 18h08

Prêmio Escola de Atitude anuncia vencedores

COMPARTILHAR

 

A Controladoria-Geral do Distrito Federal, anunciou na manhã do dia 8 de dezembro, os Centros de Ensino Fundamental e Centros Educacionais premiados no projeto Controladoria nas Escolas – Prêmio Escola de Atitude, durante cerimônia no auditório do Museu da República, no Setor Cultural Sul. Esta primeira edição da premiação laureou dez escolas e trinta professores que cumpriram as atividades previstas no regulamento do prêmio, cujo objetivo é estimular a cidadania ativa de estudantes e professores no ambiente escolar. O processo foi descontraído, em formato de gingana, compreendendo cinco etapas.

 

Ao todo, o projeto contou com a participação ativa de 104 escolas públicas da rede de ensino do DF, envolvendo cerca de 4.000 alunos e 290 professores, que foram estimulados, por meio de ações, visando a contribuir com a disseminação de conhecimentos e práticas de participação e controle social, combate à corrupção, ética, entre outros.

 

Após entoarem com energia o Hino Nacional e o Hino de Brasília, estudantes e professores conheceram os 25 trabalhos finalistas, por meio de um vídeo. As dez unidades educacionais vencedoras do projeto, anunciadas na sequência, receberam um total de R$ 140 mil, sendo o maior prêmio, de R$ 50 mil, destinado ao primeiro colocado, o Centro Educacional 15 de Ceilândia. Já os professores orientadores de cada projeto premiado (três de cada escola) receberão bolsas de mestrado e especialização, que serão custeadas com recursos provenientes do Fundo de Melhoria da Gestão Pública (Pró-Gestão) e devem somar mais de meio milhão de reais.

 

A solenidade contou com a presença da colaboradora do governo, Márcia Rollemberg; do Controlador-Geral do DF Henrique Ziller; da Secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos; do Secretário de Educação, Júlio Gregório; do Deputado Distrital Israel; do Diretor-Executivo da Escola de Governo, professor José Wilson Granjeiro; de diretores de regionais de ensino e de outras autoridades. Também esteve no evento Emile Roiser, representante da MIT Midia Lab, empresa sediada em Massachusetts (Boston), que apresentou um aplicativo difundido em todo o mundo que trabalha controle e fiscalização e foi utilizado pela Controladoria-Geral para fazer a auditoria cívica e apresentar os desafios, batizado de Monitorando a Cidade. “Executivos parceiros de todo o mundo estão impressionados com a atitude desses jovens. Afinal, reclamar e documentar o problema é fácil. Os estudantes não esperaram o dinheiro do prêmio para colocar a mão na massa. Para nós, que somos uma instituição de tecnologia, é uma inspiração”, falou Emile entusiasmada.

 

Para Márcia, é gratificante ver os jovens envolvidos apropriando-se do espaço da escola. “É uma rede do governo trabalhando para ampliar as oportunidades de formação de cidadania dentro das escolas”, disse.

 

Para Henrique Ziller, que visitou 12 escolas participantes do prêmio, o que mais chamou a sua atenção foi a capacidade de os alunos entenderem o objetivo do projeto. “Essa é a melhor maneira de lutar contra a corrupção. Quando o cidadão entende que o bem público pertence a ele, ele cuida”, ressaltou Ziller.

 

Confira a relação das escolas premiadas:

 

1o lugar: CED 15 – Ceilândia

2o lugar: CED 310 – Santa Maria

3o lugar: CED 03 – Planaltina

4o lugar: CED Gesner Teixera – Gama

5o lugar: CEF Pipiripau II – Planaltina

6o lugar: CEF Miguel Arcanjo – Taguatinga Norte

7o lugar: CED São Bartolomeu – São Sebastião

8o lugar: CED Taquara – Planaltina

9o lugar: CED 04 – Taguatinga

10o lugar: CEF do Bosque – São Sebastião

 

 

Outros dez trabalhos receberam troféu de reconhecimento pela ações propostas.

 

 

Para saber mais sobre a iniciativa, acesse http://www.controladorianaescola.df.gov.br/.

 

 

 

 

Escola de Governo - Governo de Brasília

SGO Qd.01 Lote 01 Bloco A/B - Brasília/DF - CEP: 70610-610